segunda-feira, 17 de outubro de 2011

A SALVAÇÃO EM JESUS CRISTO (3ª Pregação do Seminário de Vida no Espírito Santo)

O tema citado nos traz a boa notícia: pelo sacrifício de Cristo fomos salvos! Cabe ao ser humano tomar posse desta grande graça alcançada pelo Senhor Jesus.

“Mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados, em nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito de nosso Deus” (1ª Coríntios 6, 11)

Deus, em seu amor, promete a salvação (Gênesis 3, 14 – 15). O texto bíblico apresenta a derrota de Satanás e de sua empreitada de destruir o mundo. Sabendo que o homem não tem como salvar-se por si mesmo, o Senhor toma a iniciativa de prometer a salvação. 

A esperança da salvação é alimentada no decorrer da caminhada do povo hebreu, desde Abrãao até os profetas (Isaías 9,1 – 5; 62, 11) e cumprida na encarnação de Jesus (Gálatas 4, 4s).Quando optou pelo pecado, o homem tornou-se escravo. 

A iniciativa da Salvação foi tomada por Deus. E a forma escolhida por Deus para realizar a salvação foi a única forma que convém a quem ama: colocando-se no lugar do outro, sofrendo o que o outro sofreria. Foi isto que Jesus fez. Em obediência ao Pai, Jesus colocou-se no lugar do homem para vencer o pecado, tomando sobre si nossas faltas e nossas dores (Isaías 53, 5s). 


Jesus foi no lugar de cada um pagar pelo pecado da raça humana que teve início em Adão e atinge a cada pessoa do mundo (1ª Pedro 1, 18).A linguagem que a Bíblia usa para mostrar o método usado por Jesus na salvação foi a humilhação e a obediência, por ser este o antídoto capaz de eliminar o orgulho e a desobediência que Satanás injetou em nossos primeiros pais. 

Quando o homem obedece à vontade de Deus expressa nas Escrituras e interpretada pelo Magistério da Igreja usufrui da salvação. Quando desobedece, afasta-se da graça que Jesus conquistou para ele (1ª João 1, 9).

Nenhum comentário:

Postar um comentário