terça-feira, 11 de outubro de 2011

12 de outubro: Brasileiros vão às ruas homenagear Nossa Senhora




Ela é profundamente amada pelos brasileiros. Simples, delicada, negra, está presente nas casas de todas as famílias católicas. Ela é a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.


Sua festa, comemorada em 12 de outubro, é feriado nacional. Nesse dia, por todo o país, os fiéis vão às ruas de suas cidades em procissão prestar sua homenagem. Para a pequena cidade onde fica seu grande santuário e que leva seu nome, Aparecida, acorrem dezenas de milhares de peregrinos de todas as idades e classes sociais, vindos de todo o país.
História
A história de Nossa Senhora Aparecida começou no século XVIII, quando o Brasil ainda era colônia de Portugal. Em 1717, tomava posse o novo governador da província de São Paulo e Minas do Ouro, Pedro de Almeida e Portugal, mais conhecido como Conde de Assumar. Chegando ao Brasil, resolveu dirigir-se para a região das minas, e, no caminho, hospedou-se na vila de Guaratinguetá.  Junto com o novo governador, viajava uma vasta comitiva. Para alimentar todo o grupo, foi ordenado aos habitantes que fossem pescar no rio Paraíba do Sul, que corta a região. Por muito tempo os pescadores trabalharam, não conseguiram nenhum peixe.
Aconteceu, porém, que um homem chamado João Alves retirou das águas, com sua rede, a corpo de uma imagem. Lançando novamente as redes, retirou em seguida a cabeça. Era uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, padroeira de Portugal.  Logo em seguida os peixes apareceram e houve pescaria abundante. O povo considerou o fato um milagre.
CapelaDasVelas
Outro pescador amigo de João Alves, Felipe Pedroso levou a imagem para sua casa e começou a organizar a reza constante do terço. Novos milagres foram se sucedendo e foi aumentando a devoção popular.

A Imagem
A imagem original é muito singela, feita de terracota, um tipo de barro comum da região, e medindo 40 centímetros. Exposta ao longo de anos e anos à fuligem das velas e candeeiros, adquiriu uma cor escura que passou a ser a sua cor tradicional, como a pele da maioria dos brasileiros. Em 1904, foi corada com uma coroa que havia sido ofertada pela princesa Isabel, e passou também a usar um manto azul.
Desde que “apareceu” aos brasileiros – daí o nome Nossa Senhora Aparecida – tem sido preservada na mesma região onde foi achada. Em 1745 foi inaugurada a primeira capela. Em 1834 começou a construção de um santuário maior, a Basílica Velha. Em 1955 começou a ser erguida a nova basílica. Ela foi consagrada pelo Papa João Paulo II em 1980, e ainda hoje está sendo construída. Ao longo do tempo, surgiu um povoado ao redor dessas igrejas – hoje a cidade de Aparecida.
Todos os anos, a cidade recebe cerca de sete milhões de romeiros. São pessoas que peregrinam até Aparecida para pedir graças ou para agradecer.  Não são poucos os brasileiros que têm para contar histórias pessoais de intercessão feita por Maria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário