Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Conversão (5ª pregação do SVES)

“Por isso, agora ainda – oráculo do Senhor – voltai para mim de todo o vosso coração... rasgai os vossos corações... voltai ao Senhor vosso Deus.”(Joel 2, 12 - 13)
Muitos de nós, mesmo dizendo acreditar em Deus, não aderimos à Sua vontade, continuando a viver nossa vida da maneira como nós achamos melhor, e não segundo os conceitos bíblicos que revelam os pensamentos de Deus. 
Quando deixamos a nossa maneira de pensar para aderir a “maneira de Deus pensar”, estamos ingressando num processo de conversão, isto é, numa mudança de vida.
Conversando com Nicodemos, Jesus Cristo o convidou a uma mudança de mentalidade (João 3, 1 - 8). A nova postura de vida, os Evangelhos nos apresentam nas bem-aventuranças (Mateus 5, 1 – 12). Esta nova mentalidade resulta em atitudes e comportamentos novos, e os que a aceitam são chamados de bem-aventurados, isto é, felizes. 
É o que acontece com vários personagens citados nos Evangelhos: Levi, o cobrador de impostos (Lucas 5, 27 – 32); a pecadora perdoada (Luc…

CD Terço do Perdão e da Cura

Se você estiver em MANAUS, pode falar comigo. Abraços fraternos...

A missão é serviço

RIO DE JANEIRO, domingo, 30 de outubro de 2011 (ZENIT.org) – Neste final de semana celebramos o Dia Nacional da Juventude! É uma ótima ocasião para darmos alguns passos para a motivação e participação na Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá aqui no Rio de Janeiro. Estamos também encerrando o mês das Missões, com a firme convicção de estarmos permanentemente em missão. A Palavra de Deus deste 31º Domingo do Tempo Comum ilumina nossas vidas para vermos, tanto como missionários como também como sede da JMJ, aqueles que agem como servidores – é uma missão, é um serviço, a que todos somos chamados a prestar, tanto à Igreja como à Sociedade. Quando lemos os Evangelhos, ainda ficamos surpresos diante da acolhida que as multidões reservam para Jesus. Havia dias em que o Mestre não tinha um momento de paz: as pessoas vinham de toda parte para ouvir sua palavra. Os testemunhos dos Evangelhos dizem unanimemente que era principalmente a sua palavra que encantava as multidões, e as pessoas …

#DNJ

No último domingo de outubro, a Igreja Católica no Brasil organiza uma série de eventos para chamar atenção sobre a realidade da juventude. Para que isso seja palpável, ela declarou que este domingo fosse celebrado como Dia Nacional da Juventude. A juventude é, certamente, de todas as faixas etárias, aquela que mais é afetada com as mudanças que ocorrem na sociedade. E, se o tempo que estamos vivendo é visto como uma mudança de época, a juventude, além de ser protagonista, também é vítima dessa mudança. É fato que muitas coisas estão mudando na sociedade por causa da ação dos jovens. Mas também é fato que os jovens sentem falta de “critérios mais profundos que afirmam identidades e estabelecem relações”. Eles “são os mais expostos ao drama do abandono e ao perigo das drogas, da violência, da venda de armas, do abuso sexual, bem como à falta de oportunidades e perspectivas de futuro” (DGAE n° 109). A sociedade, muitas vezes, usa os jovens para “fazer dinheiro” incitando-os ao consumismo …

ATENÇÃO! AVISO IMPORTANTE!

PRINCIPALMENTE PARA OS QUE MORAM EM CASA:
SE ALGUM DIA ENCONTRAR PINTADO EM SEU MURO OU PORTÃO QUALQUER UM DOS  SÍMBOLOS ABAIXO, RETIRE-O IMEDIATAMENTE, POIS SÃO UTILIZADOS POR GRUPOS DE ASSALTANTES QUE, ASSIM, SE COMUNICAM...
[b]^ = Facil de assaltar pela manhã ->  = Facil de assaltar pela tarde V   = Facil de assaltar pela noite ?   = Estão fora, mas há dificuldade 7   = Casa vazia em julho (o n° representa o mes) ?+ = idoso sozinho todo dia
ESTA INFORMAÇÃO FOI FORNECIDA PELA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA.
DIVULGUE PARA TODOS SEUS CONHECIDOS

Liturgia da Palavra: autenticidade de vida e testemunho

Por Dom Emanuele Bargellini, Prior do Mosteiro da TransfiguraçãoSÃO PAULO, quinta-feira, 27 de outubro de 2011 (ZENIT.org) – Apresentamos o comentário à Liturgia da Palavra do 31° domingo do Tempo Comum – Ml 1,14b-2,1.8-10; 1 Ts  2,7b-9.13; Mt 23, 1-12 –, redigido por Dom Emanuele Bargellini, Prior do Mosteiro da Transfiguração (Mogi das Cruzes - São Paulo). Doutor em liturgia pelo Pontificio Ateneu Santo Anselmo (Roma), Dom Emanuele é monge beneditino camaldolense.
* * *
DOMINGO 31 – Comum – A Autenticidade de vida e testemunho do Evangelho Leituras: Ml 1,14b-2,1.8-10; 1 Ts  2,7b-9.13; Mt 23, 1-12
“Se eu, o Mestre e o Senhor, vos lavei os pés, também deveis lavar-vos os pés uns aos outros. Dei-vos o exemplo para que, como eu vos fiz, também vós o façais” (Jo 13,14-15). 
O próprio Jesus se torna sempre a realização encarnada da Palavra que nos entrega. Seu exemplo precede seu ensino, e deste constitui a força interior que lhe dá autoridade e eficácia.  Movido pelo impulso do Espírito e inspi…

A nossa missão é amar

RIO DE JANEIRO, terça-feira, 25 de outubro de 2011 (ZENIT.org) – No último final de semana, comemoramos o Dia Mundial das Missões e celebramos o XXX Domingo do Tempo Comum. A Palavra de Deus deste final de semana nos convida a ir para a própria essência da nossa vida cristã e religiosa, trazendo para o centro da nossa reflexão e meditação o preceito do amor, que tem duas direções distintas e inseparáveis: o amor a Deus e o amor aos irmãos. Duas direções que estão integradas em um caminho de santidade e purificação, tendo os olhos fixos naquilo que realmente importa na vida humana e cristã: amar a todos e sempre, a qualquer pessoa, mesmo aquele que possa ser nosso maior inimigo.
 Não é fácil viver de amor e no verdadeiro amor! É sempre mais fácil viver de amores superficiais e passageiros, inconclusivos, e que produzem apenas algum momento de prazer. O amor verdadeiro, que usa a linguagem de Cristo e é centrado em Cristo, nos convida a subir até o cume do Calvário, onde ele se manifesta…

Liturgia da Palavra: dois mandamentos, um só amor

Por Dom Emanuele Bargellini, Prior do Mosteiro da TransfiguraçãoSÃO PAULO, quinta-feira, 20 de outubro de 2011 (ZENIT.org) – Apresentamos o comentário à Liturgia da Palavra do 30° domingo do Tempo Comum – Ex 22, 20-26; 1 Ts 1, 5c-10; Mt 22,34-40 –, redigido por Dom Emanuele Bargellini, Prior do Mosteiro da Transfiguração (Mogi das Cruzes - São Paulo). Doutor em liturgia pelo Pontificio Ateneu Santo Anselmo (Roma), Dom Emanuele é monge beneditino camaldolense.
* * *


DOMINGO 30 – Comum – A Dois mandamentos, um só amor Leituras: Ex 22, 20-26; 1 Ts 1, 5c-10; Mt 22,34-40
“Mestre, qual é o maior mandamento da lei?”
Se alguém disser: ‘Amo a Deus’, mas odeia seu irmão [na linguagem semítica “odiar” equivale a “não amar”], é um mentiroso: pois quem não ama seu irmão, a quem vê, a Deus, a quem não vê, não poderá amar.” (1 Jo 4, 20)
As palavras cortantes do “discípulo a quem Jesus amava”, não deixam dúvidas nem ilusões: o irmão é o “sacramento” no qual Deus se torna visível e tangível, aqui e agora. N…

Papa proclama ano da fé em 2012

A Igreja comemorará um “Ano da Fé” entre 11 de outubro de 2012 – 50º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II – e 24 de novembro de 2013, segundo anunciou o Papa ontem, durante a Missa conclusiva do primeiro encontro internacional de novos evangelizadores. “Decidi declarar um 'Ano da Fé', que ilustrarei com uma especial carta apostólica”, disse Bento XVI na Basílica de São Pedro, aos participantes do encontro organizado pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização. A iniciativa de celebrar o “Ano da Fé” tem como objetivo “precisamente dar um renovado impulso à missão de toda a Igreja de conduzir os homens fora do deserto em que muitas vezes se encontram, rumo ao lugar da vida, a amizade com Cristo, que nos dá sua vida em plenitude”, explicou o Papa. Esse “Ano da Fé”, prosseguiu, “será um momento de graça e de compromisso por uma conversão a Deus cada vez mais plena, para reforçar a nossa fé n'Ele e para anunciá-lo com alegria ao homem da nossa época”. …