quinta-feira, 10 de novembro de 2011

FALTA DE RESPEITO AO CENTRO DA VIDA DOS CATÓLICOS: A MISSA

A Constituição Federal nos garante o direito a liberdade de religião. A essa liberdade é também assegurada o respeito à qualquer religião professada. O Brasil é um estado laico, não ateu, pois a grande maioria dos brasileiras acredita em Deus. Com essa afirmação quero dizer que, consoante a vigente Constituição Federal, o Estado deve se preocupar em proporcionar a seus cidadãos um clima de perfeita compreensão religiosa, proscrevendo a intolerância e o fanatismo. 

A maioria do povo brasileiro professa o catolicismo e tem como momento ápice da sua fé a celebração da Santa Missa. Porém não podemos deixar de nos indignar com a ridicularização promovida pelos organizadores e freqüentadores da M.I.S.S.A.(Movimento dos Interessados em Sacudir sua Alma).
O que é o M.I.S.S.A.?
É uma balada que em nada tem com a Igreja Católica. Com frases tipo “é um pecado deixar de ir”“reze para chegar logo”, “quem disse que ninguém te chama?”  e “sábado é dia de missa” ou ainda “cansei da night, agora só vou pra missa”, os organizadores do evento ultrapassam a linha do respeito à maior religião do País.

Veja mais: “O evento é uma balada, por sinal visitada por muitas celebridades, que é um dos aspectos que tem chamado a atenção e tem causado o grande frisson e repercussão do mesmo. Tocam várias bandas regadas por arranjos eletrônicos. O ridículo é que: após as bandas, inicia-se um espetáculo de cores e som eletrônico com o DJ Residente da MISSA (O Papa), Dj Tartaruga, tocando seu set MIXTURADO, bem democrático, sem preconceito de estilos musicais, emocionando o público de várias gerações e sacudindo a alma de todos.  O evento ainda conta com mulheres vestidas de freiras recepcionando os convidados e entregando brindes, os famosos anões de anjinho, diabinho e outros personagens surpresa.
Entre todas as ridicularidades, as edições desta balada conta com o PAPArazzo, um fotógrafo vestido de Papa que tira fotos não pousadas, bem ao estilo paparazzo, dos convidados em várias situações e depois as fotos ficam expostas num mural para as pessoas levarem para casa como recordação da MISSA.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário