terça-feira, 8 de maio de 2012

Facebook e Orkut têm culpa no meu pecado?


Eu tenho que admitir que me incomoda ver pessoas do meu passado me achando no Facebook ou Orkut. Afinal de contas, elas estão no meu passado por alguma razão. Por que elas desejam ser minhas “amigas” no Facebook ou no Orkut? Parece mais curiosidade do que qualquer coisa. E todos conhecemos aquele ditado que diz que curiosidade mata.

Com certeza, se você vai percorrer o "caminho da memória" com uma velha chama acesa, e não tem clareza suficiente para compreender que uma pessoa casada, provavelmente, não devia fazer isso, então certamente teremos problemas.

Mas será que sua estupidez (ou talvez eu diria falta de prudência) é culpa do Facebook ou do Orkut? Eu acho que não. 

Adultos com uma fraca força de vontade são um perigo para eles mesmos, não importa o que façam. Quer estejam no Facebook ou no Orkut, ou trabalhando em um escritório com membros do sexo oposto. E se você juntar a isso qualquer problema ou descontentamento conjugal, você se torna uma pessoa pronta para cair, não importa como.

Talvez seja necessário fechar sua conta do Facebook ou do Orkut. Mas isso cabe a cada um decidir, baseado no que conhecem de si mesmos, e de seus hábitos. Paquerar com o desastre se tornando “amigo” de um velho amor do passado, e ficar com amizade íntima com ele ou ela deve ser o suficiente para um adulto com bom senso saber que as coisas devem parar por ali. Mas, e quando se encontram pessoalmente? Esse também é outro problema. Nesse caso o Facebook e o Orkut se tornam a menor das preocupações.

O problema se resolve combatendo as tentações. É um problema da força de vontade, e não da origem da tentação. Nós já temos muitos adultos com força de vontade fraca, com hábitos questionáveis e com falhas de caráter no mundo, causando problemas para eles mesmos e para seus casamentos.

Pessoas solteiras: procurem fortalecer sua força de vontade, e desenvolver bons hábitos de vida, compatíveis com a vocação ao matrimônio. Namorem com pessoas que fazem o mesmo. Seu amor e seu casamento vai ser maravilhoso, e não haverá tentação capaz de machucar alguém além do que deve.

Não acho que nós precisamos nos sentir culpados por usar o Facebook ou o Orkut. Mas poderíamos começar a desenvolver bons hábitos evitando aceitar esses convites de “amigo” vindos de antigos amores.
__________

Por Anthony Buono
Traduzido e adaptado de “Catholic Exchange”: 
http://catholicexchange.com/2010/12/09/143500/


Anthony Buono, casado e pai de sete filhos, mora na Virginia, EUA. Ele é o fundador e presidente de http://www.avemariasingles.com (em português: http://www.solteirosdoavemaria.com/) e de http://www.roadtocana.com. Ele também tem um blog, http://www.6stonejars.com que dá conselhos aos católicos sobre namoro, noivado e casamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário