Pular para o conteúdo principal

A busca da santidade

A Santidade Cristã, consiste na união com Cristo: Verbo Encarnado e Verbo Redentor, único mediador entre Deus e os homens e fonte de toda graça e santificação.
A santificação do homem consiste em estar unido a Deus na forma devida, mas o sentido específico, só são chamados "santos" os seres pessoais, os que são dotados de inteligência e vontade que lhes permitem por em prática e realizar sua união com Deus de forma consciente e livre.
Aí é que o conceito de santidade aparece na sua verdadeira riqueza, como realidade vivida deliberadamente, que penetra a existência da pessoa justamente porque, com a riqueza do seu ser e com a espontaneidade de sua vontade livre, se une a Deus entregando-se a Ele com o calor do amor.
Da parte de Deus, Jesus veio realizar de fato esta união do ser humano com Deus, pela Graça, e por isso, todos nós somos chamados à santidade e segundo as palavras do Apóstolos: "Porquanto, esta é a vontade de Deus, a nossa santificação (I Ts 4, 3; Ef. 1, 4).
A santidade depende da nossa união com Deus, e desde o Antigo Testamento, o povo compreendeu esta realidade, de modo que chamava "santo", tudo aquilo que entrava em contato com Deus como objetos, lugares e pessoas.
Cristo veio, "para que todos tenham vida, e a tenham em abundância", isto é, para dar aos homens sua vida divina, a fim de que eles possam entregar-se e unirem-se a Deus não mais como simples seres humanos, e sim como pessoas introduzidas e elevadas à intimidade sobrenatural, com as características e riquezas típicas de quem participa da vida divina. Isto é o que chamamos de santidade ontológica.
Mas como buscar esta santidade? Sabemos que não somos capazes de atos santos, sabemos entretanto, que a medida que renunciamos à vida natural e pecadora a qual herdamos de Adão, renunciarmos também a satanás e as suas e as suas obras, para vivermos segundo Cristo, para vivermos a vida de Jesus Cristo, de modo que aos poucos, Jesus vá ocupando todas as áreas do nosso ser, para que Ele viva em nós, aja em nós e por nós.
Através do Batismo, recebemos a Graça Santificante, e isto nos dá uma identificação com Cristo e nos torna capazes de viver realmente a vida de Cristo.
Para o apóstolo Paulo, os cristãos devem como Cristo (porque "só Cristo"), até alcançarem a plenitude na maternidade em Cristo, a ponto de dizerem como Paulo: "Vivo, porém não eu, mas é Cristo que vive em mim".
Em todos nós batizados, deve haver uma postura na qual expresse a mesma atividade de Jesus para um Deus Pai, submetendo-se livremente à ação do Espírito Santo.
O que Cristo operou em nós através do Batismo, é necessário que assumamos conscientemente, e testemunhamos com nossas vidas.
Portanto, a vida inicial de santificação é realizada pelo Espírito Santo mediante o nosso Batismo, e é a partir dessa promessa que devemos viver "segundo o Espírito" e não "segundo a carne", quando buscamos a santidade. Sozinha na luta para ser santo, a vontade do homem será derrotada. Só muita graças ao Espírito de Deus a vontade do homem é vitoriosa e o capacita-o para ser santo.
A atividade do cristão que se deixa conduzir é verdadeiramente uma atividade do Espírito Santo dentro dele, do que propriamente sua.
Ele já ama com suas próprias forças mas com a de Cristo. Todas as suas obras, suas orações e iniciativas apostólicas, a vida conjugal e familiar, o trabalho cotidiano, o descanso e as próprias provações e tribulações, são suportadas facilmente e se tornam instrumentos de conversão e renovação interior do homem, de cristificação e mais ainda, de passos concretos em busca da santidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

“Nós vos tomamos como modelo perfeito de Louvor a Deus”

"Nós vos tomamos como modelo perfeito de Louvor a Deus”, isso dizemos a Maria todos os dias. Em nossa Fraternidade a Virgem Maria é um dos pilares, nós a veneramos sob o título de Nossa Senhora de Pentecostes, ela é nossa Padroeira-Mor.  A ela recorremos venerando-a no ícone posto sobre o Presbitério de nossa Capela da Casa de Formação do Instituto Servos de Jesus Salvador, e a partir deste em todos os outros que o representam.  Este ícone inspirado a nosso Pai-Fundador, Padre Gilberto e elaborado por outro Padre, Fúlvio o iconógrafo, é o único no mundo, não se trata portanto de alguma cópia. O ícone remonta a tradição oriental, diferente de nossas imagens tridimensionais, e em todos os seus detalhes estão presentes as características profundas e dignas de imitação daquele que nele é pintado. 

No ícone de Nossa Senhora de Pentecostes sobre o fundo dourado, tendo as labaredas de fogo ao alto e os apóstolos aos pés, está Maria, Mãe de Deus e sempre Virgem, antes, durante e depois do p…

(NOVENA) Nossa Senhora de Pentecostes

2o. Dia
Antífona - Todos: Á vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas suplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Intenção: PELAS FAMÍLIAS
Leitor: Ó Mãe de Deus, digne-se o Senhor, por Vossa intercessão, proteger as famílias do mundo inteiro contra os múltiplos ataques do inimigo. Que elas exerçam sua missão de anunciar o Evangelho da vida, principalmente através da educação dos filhos, conduzindo-os a santidade, a exemplo da Sagrada Família de Nazaré, e cumprido a missão de ser Igreja doméstica e o santuário da vida. Amém.
OREMOS
Cel: Senhor Nosso Deus que cumulastes com os dons do Espírito Santo a Santíssima Virgem que com os Apóstolos estava em oração, concedei, por sua intercessão, sejamos também cumulados com o mesmo Espírito, perseverantes na oração em intima concórdia e ofereçamos aos irmãos o bom anuncio da salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Cons…

(NOVENA) Nossa Senhora de Pentecostes

9o. Dia
Antífona - Todos: Á vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas suplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Intenção: PELA FRATERNIDADE JESUS SALVADOR
Leitor: Ó Senhora de Pentecostes, a quem foi confiado o patrocínio da Fraternidade Jesus Salvador, fazei com que esta Obra, suscitada por Deus na sua Igreja, seja fiel ao espírito de seu fundador, às sua intenções evangélicas, e ao exemplo de sua santidade. E constantemente atenta aos sinais dos tempos, deseje que se perpetue, através dela em sua existência, o derramamento do Espírito Santo, como um Novo Pentecostes. Que no coração da Igreja, Esposa de Cristo, sejamos a pura expressão do contínuo culto de louvor e adoração a Nosso Senhor Jesus Cristo, para que, por meio de nossa consagração, possamos produzir frutos de santidade na humanidade. Que todos nós, servos e servas de Javé Salvador, fiéis a nossa verdadeira e única missão, preguemos o e…